Bateria de celular pode ser carregada com urina

Método foi testado com sucesso na Inglaterra e em breve pode mudar o mercado


Cientistas britânicos descobriram um meio de recarregar a bateria do celular com o uso de urina como fonte de eletricidade. A técnica ainda não faz com que o aparelho seja inteiramente abastecido, mas abre o caminho para que isso venha a acontecer.

A quantidade de energia é suficiente para enviar mensagens de texto, usar internet ou fazer uma rápida ligação. O próximo passo é desenvolver uma bateria compatível com o combustível microbiano e tentar difundir a ideia junto aos fabricantes.

"Utilizar um produto de dejeto como fonte de eletricidade é notável. Estamos muito entusiasmados porque se trata da primeira vez que se consegue isso", comentou o cientista Ioannis Ieropoulos, que trabalhou na iniciativa - um esforço conjunto entre as universidades de Bristol e do Oeste da Inglaterra e do Laboratório de Robótica de Bristol.

Segundo Ieropoulos, o que mais exige energia é fazer ligações. "Mas chegaremos ao ponto em que poderemos carregar a bateria para períodos longos", disse, conforme reporta a France Presse.

Share